educacao-cientifica-monteverde

Os Centros de Educação Científica têm como missão promover a Educação Cientifica para alunos do ensino fundamental II da rede pública, a fim de oferecer e difundir o exercício da formação cientifica que não está ao alcance de todos os setores da sociedade, e assim contribuir no processo de inclusão social.

Além disso, visa à formação continuada das equipes pedagógicas, realizada em reuniões semanais em cada unidade e encontros mensais em que também participam educadores das escolas públicas de referência dos alunos.

Com unidades em Natal e Macaíba, o Centro de Educação Científica Escola Alfredo J. Monteverde atende um total de 1000 jovens.

Em fevereiro de 2007 foi inaugurada a unidade de Natal da Escola Alfredo J. Monteverde, que conta, atualmente, com sete oficinas (Ciência e Tecnologia, Ciência e Robótica, Ciência e História, Ciência e Química, Ciência e Biologia, e Ciência e Física). Contamos também com a oficina de Ciência e Comunicação que excepcionalmente trabalha com alunos do Ensino Médio. No total integram-se 600 alunos.

No mesmo ano, em setembro, inaugurou-se o trabalho da unidade de Macaíba da Escola Alfredo J. Monteverde, que conta com quatro oficinas (Ciência e Tecnologia, Ciência e Arte, Ciência e Ambiente, e Ciência e História) e 400 alunos.

No ano de 2010 inaugurou-se a unidade de Serrinha, que contém quatro oficinas (Ciência e Tecnologia, Ciência e Robótica, Ciência e Ambiente e Ciência e Arte) e 400 alunos.

Atualmente, integram-se 1400 alunos que participam do projeto no período da manhã ou no período da tarde, em horário contrário ao da escola regular.

O objetivo é promover a Educação Científica, a fim de difundir e ensinar os princípios básicos da metodologia científica, bem como o exercício da formação científica que não está ao alcance de todos os setores da sociedade, contribuindo para o processo de Inclusão Social.

A proposta integra conteúdos de diferentes disciplinas que não se apartam da vida dos alunos, pois projetos científicos precisam servir à cultura e à coletividade, favorecendo a diversidade de olhar a realidade e de melhor compreendê-la para transformá-la sempre em patamares mais humanos.

No processo de formação continuada das equipes pedagógicas de Natal, Macaíba e Serrinha, que se desenvolve em reuniões semanais, todas às sextas-feiras, integram-se mensalmente, no período da tarde, educadores das escolas públicas de referência dos nossos alunos em cada uma das unidades.

A proposta desenvolve-se em Oficinas e Laboratórios, na maior parte do tempo, porém, espaços de convivência, refeitórios, corredores, bibliotecas, todos são laboratórios de conteúdos, onde se processa e se produz concomitantemente, ensino e aprendizagem, sem perda de tempo.

Entre outras definições, o termo oficina significa lugar onde se verificam grandes transformações. Tais transformações, no nosso caso, ocorrem dentro de espaços e tempos, intencionalmente planejados para a produção de conhecimentos científicos relacionados à realidade sócio- histórica- cultural dos nossos alunos visando desvelá-la, interpretá-la criticamente e transformá-la.

Todas as oficinas atuam nos campos:
• da mídia do rádio, TV, dos periódicos e da Internet;
• das tecnologias analógicas e digitais;
• das técnicas de fotografia e de edição de som e de vídeos;
• da identidade sócio- histórico- cultural;
• da ética e da cidadania;
• das ciências relacionadas à vida humana, ao ambiente e aos espaços de vida, ao estudo das comunidades, ao estudo da composição dos objetos e materiais;
• da leitura, da escrita, da matemática, e da geometria.

Equipe Unidade Natal/RN – Foto de 2016

Equipe Unidade Macaíba/RN – Foto de 2016