• Português
  • English

Pesquisadora do ISD é uma das 60 convidadas para simpósio binacional Brasil-Alemanha

04/07/202210:12

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A professora pesquisadora do Instituto Santos Dumont (ISD), Maria Carolina Gonzalez, foi uma das 60 jovens cientistas convidadas para o 13º Simpósio Brasil-Alemanha Fronteiras da Ciência e Tecnologia (BRAGFOST). O evento, que aconteceu em Maceió, capital do estado de Alagoas, entre 29 de junho e 2 de julho, reuniu 60 jovens cientistas brasileiros e alemães, 30 de cada nacionalidade, com até 15 anos de doutorado e potencial de promover avanços na ciência e tecnologia em suas áreas de atuação. 

 

No encontro, Carolina Gonzalez apresentou um trabalho sobre o papel da dopamina, um neurotransmissor que atua no sistema nervoso central, no papel da integração de memórias. “O evento trouxe temas diversos, que vão desde a inteligência artificial, comportamento global humano e big data, biodiversidade e substâncias bioativas, e psicofarmacologia”, afirma a pesquisadora, que tem dedicado a última década de sua carreira ao estudo sobre a formação de memórias. 

 

O evento é resultado de uma parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Fundação Alexander von Humboldt, e acontece de forma alternada na Alemanha e no Brasil. A expectativa dos organizadores é fortalecer a rede colaborativa entre jovens cientistas brasileiros e alemães em diversas áreas de conhecimento, criando novas oportunidades para colaborações futuras e fomentando a troca de experiências. 

 

“Durante a pandemia, fomos muito estimulados a ampliar as colaborações internacionais a partir das ferramentas digitais. Entretanto, isso não substitui a riqueza do espaço de troca presencial, que permite conhecer mais a fundo o trabalho de colegas de outras instituições”, afirma Carolina Gonzalez. 

 

O evento, cujo tema central da 13ª edição era o bem-estar, foi dividido em sessões temáticas, nas quais foram discutidos assuntos como: as implicações da inteligência artificial e do comportamento de máquinas para os seres humanos, a democracia, a ciência e a sociedade; os impactos do comportamento humano global e das grandes bases de dados (big data) nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU); a influência das moléculas em nossa percepção, autoconsciência mental e processamento de estímulos neuronais; e a possibilidade de empregar bioativos e recursos de ambientes naturais remotos e ameaçados em determinadas áreas. 

 

BRAGFOST

O BRAGFOST é um simpósio binacional, que ocorre alternadamente na Alemanha e no Brasil, e reúne 60 (sessenta) jovens cientistas brasileiros e alemães para discutir novas fronteiras de investigação, aprofundar os conhecimentos internacionais e debater de maneira interdisciplinar desafios do conhecimento. O simpósio é organizado por dois anfitriões – um brasileiro e um alemão. Em sua 13ª edição, o BRAGFOST trouxe como tema o bem-estar.

Texto:  Mariana Ceci / Ascom – ISD

Foto: Divulgação / Cedida

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
EDUCAÇÃO CIENTÍFICA
IIN-ELS
NEUROCIÊNCIAS

RECOMENDAMOS