• Português
  • English

Ministério da Defesa e Forças Armadas conhecem projetos desenvolvidos no ISD e dialoga parcerias

13/04/202211:41

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os projetos de pesquisa em neurociências e neuroengenharia, os serviços assistenciais em saúde, além das ações de ensino e educação permanente em saúde desenvolvidos no Instituto Santos Dumont (ISD), em Macaíba (RN), foram apresentados ao longo desta terça-feira, 12, a uma comitiva formada por 25 representantes do Ministério da Defesa, das Forças Armadas e do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia – Cimatec (órgão vinculado ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai). A visita técnica teve como objetivo conhecer o escopo dos serviços oferecidos através do Sistema Único de Saúde (SUS) e a formação de Mestres em Neuroengenharia e especialistas no Programa da Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência RESPECD/ISD).

 

A comitiva foi recebida pelo diretor-geral do ISD, Reginaldo Freitas Jr., que destacou a necessidade de mais pessoas conhecerem os trabalhos que são desenvolvidos no Instituto. “Somos gratos em recebê-los nesta que é a maior comitiva ministerial que já visitou o Instituto Santos Dumont”, frisou ao recepcionar os representantes do Ministério da Defesa e introduzi-los aos trabalhos em curso no Instituto. 

 

O conceito de Neuroengenharia, que é uma área de pesquisa interdisciplinar que integra métodos de neurociências e de engenharia para estudar o funcionamento do sistema nervoso e desenvolver soluções para as limitações e disfunções associadas a esse sistema, foi apresentado pelo preceptor médico neurocirurgião e pesquisador do ISD, Hougelle Simplício, e por Edgard Morya, gerente de pesquisas do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), uma das unidades do ISD em Macaíba. Simplício detalhou algumas pesquisas em desenvolvimento no Instituto e mostrou exemplos práticos de como a ciência pode contribuir para a habilitação/reabilitação de pessoas com deficiências diversas. 

 

“Nosso objetivo é transformar a realidade social brasileira unindo ciência e tecnologia. Algumas coisas podem parecer ficção científica, mas quem está dentro do processo de pesquisa sabe que essas tecnologias logo chegarão aos profissionais de saúde e ao mercado”, frisou Hougelle Simplício. Durante a apresentação, ele demonstrou experiências exitosas com equipamentos utilizados na reabilitação de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC), Doença de Parkinson e Lesão Medular, por exemplo. O funcionamento de equipamentos como o Zero G e o Lokomat foi exibido em vídeos com pacientes atendidos pelo Instituto. Além deles, protótipos de itens desenvolvidos através da concepção de tecnologia assistiva aplicável ao Sistema Único de Saúde (SUS) como órteses eletrônicas, também foram expostos. 

 

Os pacientes com deficiências motora, intelectual, auditiva e visual são atendidos no Centro Especializado em Reabilitação (CER IV ISD) que funciona como uma escola para residentes da RESPECD com aulas teóricas e práticas desenvolvidas nas clínicas de Epilepsia (infantil e adulto); Parkinson; Transtorno do Espectro Autista (TEA); Lesão Medular (infantil e adulto); Microcefalia; Deficiência Auditiva (infantil e adulto); Deficiência Visual (infantil e adulto), Prematuridade e Bexiga Neurogênica. Nessas clínicas, são desenvolvidas pesquisas e tratamentos com uso de neuromoduladores, que é um tipo de eletroestimulação não-invasiva. 

 

Em nome da comitiva, o Tenente Brigadeiro R1 Jeferson Domingues de Freitas, chefe da Secretaria de Pessoal, Saúde, Desporto e Projetos Sociais do Ministério da Defesa (SEPESD/MD), agradeceu e elogiou os profissionais e o trabalho desenvolvido no ISD. 

 

“Não tem como vir ao Instituto e não sair impressionado. São vários aspectos: as linhas de pesquisa, a ação social que o ISD promove, o crescimento que tem buscado nas suas pesquisas. E eu vejo, ao trazermos aqui os representantes dos nossos Centros de Pesquisa e das nossas Diretorias de Saúde, uma possibilidade muito grande de fazermos parcerias entre o Ministério da Defesa, as Forças Armadas e o Instituto Santos Dumont. Colaborar com o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de Neurociências e Neuroengenharia, principalmente, pois temos interesse em implementar em nossas Forças e buscar muitos aspectos que foram colocados na parte de recuperação da fisioterapia  e aplicar nos nossos hospitais. Eu saio esperançoso de que muito em breve, ao retornar aqui com nosso ministro, já firmamos algum tipo de parceria mais produtiva e transformar essa visita em produto. E, finalmente, parabenizar o Instituto. A gente sai daqui vendo que o Brasil tem potencial, realmente, e não é só discurso. A gente vê o trabalho que vocês realizam, os jovens que estão, os pesquisadores, os mestrandos. Nós vemos brasileiros que estão interessados em ajudar a nossa sociedade”, declarou. 

 

Reconhecimento

Ao final da visita técnica, o Tenente Brigadeiro R1 Jeferson Domingues de Freitas prestou uma homenagem ao Instituto Santos Dumont entregando uma placa na qual está grafada a seguinte mensagem:

 

“Ao Instituto Santos Dumont – ISD Os agradecimentos da Secretaria de Pessoal, Saúde, Desporto e Projetos Sociais SEPESD/MD por ocasião da visita técnica a esse diferenciado Instituto de Ensino e Pesquisa.

Macaíba – RN, 12 de abril de 2022”

 

Comitiva

Os integrantes da comitiva do Ministério da Saúde são: Ten Brig R1 Jeferson Domingues de Freitas, da Secretaria de Pessoal, Saúde, Desporto e Projetos Sociais do Ministério da Defesa; Maj Brig Med Cloer Véscia Alves, da Diretoria de Saúde da Aeronáutica;  CAlte Med César Aurélio Serra, do Hospital Naval Marcílio Dias; Brig Ar Roberto da Cunha Follador, do Estado-Maior da Aeronáutica; Ge Bda Carlos Eduardo da Mota Góes, da Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa; Brig M ed Ana Paola Brasil Medeiros, diretora de Saúde e Assistência Social  do Ministério da Defesa; Brig R1 Fernando Almeida Riomar, da Secretaria de Pessoal, Saúde, Desporto e Projetos Sociais do Ministério da Defesa; CMG Reginaldo Pinto Sampaio, do Estado-Maior da Armada (Marinha do Brasil); CMG (S) Renata Grassini de Cerqueira, do Hospital Naval Marcílio Dias; Cel Luiz Eduardo Mello Corrêa da Silva, do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército Brasileiro; Cel Miguel Ângelo Azevedo Lima, do Estado-Maior do Exército; Cel Dent Danilo Moura Resende, do Comando-Geral do Pessoal da FAB; Cel R/1 Gregório Itiro Ochiai Seixas, do Estado-Maior do Exército; Cel R/1 Eduardo Borba Neves, da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército Brasileiro; Cel R/1 Ancelmo Modesti, do Estado-Maior da Aeronáutica; CF (T) Fábio de Salles Monteiro, da Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa; CF (T) – Célio de Souza Paiva Júnior, do Centro Tecnológico da Marinha do Brasil; CF (T) Med Simone dos Santos Gomes, do Hospital Naval de Natal; Ten Cel Luciano Gonçalves Soares, da Diretoria de Saúde do Exército Brasileiro; Ten Cel Marcelo Araújo Bastos, do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército Brasileiro; Maj Flávio Gaspar Bianchi, do Departamento de Saúde e Assistência Social do Ministério da Defesa; Maj Av Luiz Arthur Donatini, do Comando-Geral do Pessoal da FAB; Cap Carlos César de Castro Deonísio, da Chefia de Educação e Cultura / Escola Superior de Defesa do Ministério da Defesa; Tarciana Barreto Sá, do Departamento de Organização e Legislação do Ministério da Defesa; 24. Valdir Gomes Barbosa Júnior, do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia – CIMATEC. 

 

Representaram o ISD, o diretor-geral Reginaldo Freitas Jr.; o gerente do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), Edgard Morya; a gerente do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita), Lilian Lira Lisboa; e o diretor administrativo do ISD, Jovan Gadioli dos Santos. 

Texto:  Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Foto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
INSTITUCIONAL

RECOMENDAMOS