• Português
  • English

ISD reúne preceptores para discutir estratégias de aprimoramento de competências e ensino

23/02/202211:52

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os preceptores médicos e multiprofissionais que atuam no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita) e no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), unidades do Instituto Santos Dumont (ISD) em Macaíba, se reuniram nesta segunda-feira, 21, para discutir estratégias de aprimoramento de competências e ensino na II Oficina de Preceptoria deste ano. O objetivo é aplicar o conhecimento adquirido no cotidiano da instituição e na formação de graduandos e residentes que passam pelas clínicas do ISD.

 

O ISD está inserido na Rede de Cuidados à Saúde da Pessoa com Deficiência na qualidade de Centro Especializado em Reabilitação IV, habilitado pelo Ministério da Saúde nas modalidades Física, Intelectual, Visual e Auditiva, para a Sétima Região de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (Região Metropolitana), abrangendo os municípios de Macaíba, Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Extremoz.

 

Conforme a coordenadora das Atividades Acadêmicas de Ensino na Saúde do ISD, a neuropsicóloga Samantha Maranhão, a Oficina visa uma reflexão em torno das competências próprias de cada um dos preceptores – divididos entre médicos(as) de especialidades diversas, fisioterapeutas, psicólogas, fonoaudiólogas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e pedagoga – e que podem ser compartilhados com outros profissionais, graduandos e mestrandos. Além das competências, a Oficina trouxe como um dos temas discutidos a aplicação das Atividades Profissionais Confiáveis (Entrustable Professional Activities – EPA, em inglês), ambas com ênfase no cuidado à saúde da pessoa com deficiência.

 

Elas são unidades de prática profissional do dia a dia, que podem ser confiadas aos discentes/preceptores, uma vez que demonstram as competências necessárias para executá-las. São executáveis, observáveis e mensuráveis dentro de um período. O conceito de EPA, desta forma, reconhece que o atendimento ao paciente geralmente envolve múltiplos comportamentos observáveis. Para fins educacionais, não é suficiente identificar as EPAs apenas como uma lista simples de tarefas. As EPAs devem indicar a supervisão necessária com o fim de proporcionar autonomia ao discente. Assim, os objetivos educacionais estão ligados aos cuidados de saúde e a segurança do paciente.

 

“Essa discussão é importante porque a gente precisa entender que não somos apenas profissionais de saúde. Como preceptores, assumimos papéis de educadores”, comenta a neuropsicóloga Samantha Maranhão.

Conforme apresentado durante a Oficina de Preceptoria, competência é a capacidade de mobilizar diferentes recursos para solucionar, com pertinência e sucesso, os problemas da prática profissional, em diferentes contextos. Assim, a combinação das capacidades cognitivas, atitudinais e psicomotoras, mobilizadas para a realização de uma ação, é traduzida por desempenhos que refletem a excelência na prática.

 

O termo competência tem duas linhas de concepção: a atomística, muito conhecida como CHA – iniciais dos atributos Conhecimentos, Habilidades e Atitudes; e a holística, com visão integradora.

Texto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Foto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CEPS
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
INSTITUCIONAL

RECOMENDAMOS