• Português
  • English

ISD apresenta serviço de atendimento para pessoas com HIV/Aids à Sesap

16/12/202109:24

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Serviço de Atendimento Especializado Materno Infantil (SAE MI) para pessoas vivendo com HIV/Aids instalado no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita), uma das unidades do Instituto Santos Dumont (ISD), em Macaíba, foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 9 de dezembro, a representantes da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap/RN). O Anita é referência no acolhimento, tratamento e dispensação de medicamentos antirretrovirais às grávidas e crianças vivendo com HIV/Aids no Rio Grande do Norte.

 

A gerente do Anita, Profa. Lilian Lira Lisboa, acompanhada das preceptoras multiprofissionais, a psicóloga Carla Glenda Souza da Silva, e a assistente social Alexandra Lima, detalharam o funcionamento do SAE MI Anita Garibaldi. A equipe do Serviço é composta por infectologistas, assistentes sociais, ginecologistas e obstetras, enfermeiras, pediatras, psicóloga e farmacêutica/bioquímica.

 

“É importante a divulgação do serviço que é feito no Anita Garibaldi para o fortalecimento das ações e articulação com os demais serviços na esfera estadual. E também para o alinhamento dos fluxos de atendimento à população-chave, que são as mulheres e crianças vivendo com o HIV/Aids”, Alexandra Lima, preceptora multiprofissional assistente social do ISD. No Instituto, o Setor de Serviço Social é responsável pela articulação com as Secretarias Municipais de Saúde, acompanhamento das pacientes nas demandas referentes ao acesso às medicações, transporte, direitos e benefícios referentes ao convívio com o HIV/Aids.

 

Cínthia Carla Teixeira, técnica da VII Regional de Saúde da Sesap, e Camila Revoredo, contadora da VII Regional de Saúde da Sesap, conheceram os fluxos adotados pelo SAE MI Anita referentes às grávidas e bebês vivendo com o HIV ou Aids, das crianças expostas ao vírus, realização de exames de monitoramento da carga viral e células de defesa. Hoje, 21 mulheres grávidas com HIV e crianças expostas ao vírus ou vivendo com Aids são acompanhadas no Serviço de Atendimento Especializado Materno Infantil do Anita.

 

“Estamos conhecendo todos os Serviços desse perfil na VII Região de Saúde. Queremos conhecer o que é oferecido, quais são as dificuldades. Como o Anita é um SAE de referência e específico para o público materno-infantil, viemos conhecer. O Anita Garibaldi, como um todo, é referência para os demais em modelo de gestão, de atendimento humanizado. Iremos tentar, enquanto Regional de Saúde, fazer uma articulação mais ampla em relação a cursos para os profissionais de saúde nos municípios, por exemplo”, ressalta Cínthia Carla Teixeira.

 

A contadora da VII Região de Saúde, Camila Teixeira, destaca a importância da necessidade de sensibilizar profissionais de saúde para que eles conheçam os serviços do Anita Garibaldi e passem a utilizá-los como pontos de referência para a rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além dos fluxos, foram expostos os desafios do SAE MI Anita às representantes da pasta estadual de Saúde. Entre eles, estão: ampliar o acesso seguro ao parto; implantar a PREP (Profilaxia Pré-Exposição) no SAE MI Anita Garibaldi; implantar o ambulatório de tecnologias leves de reprodução para casais sorodiscordantes para o HIV/Aids; implantar o autoteste para o HIV e estimular a Atenção Básica para a captação precoce das gestantes HIV/Aids.

 

Dados

 

Entre os anos de 2010 e 2020, os casos de infecção pelo HIV no Rio Grande do Norte cresceram 93,1%, saindo de 3.190 para 6.158 na década analisada. No estado, a Sesap detalha aumento de registros de casos em todas as faixas etárias, em ambos os sexos, assim como entre grávidas e na ocorrência de óbitos pela infecção. No dia 1º de dezembro, ações em todo o mundo foram dedicadas ao Dia Mundial da Aids, doença que já matou aproximadamente 33 milhões de pessoas desde sua descoberta, no início dos anos 1980.

 

O Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita), uma das unidades do ISD, é referência estadual para o Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento de mulheres grávidas infectadas pelo vírus. De 2018 a 2020, o número de mulheres infectadas pelo HIV que realizam o pré-natal no Anita aumentou 45,45% – saindo de 11 para 16. De janeiro a setembro deste ano, 12 pacientes nessa condição tinham iniciado o tratamento multiprofissional, com equipe  composta por infectologista, ginecologista e obstetra, psicóloga, enfermeira, assistente social e farmacêutica bioquímica.

 

“Todas as gestantes que entram no Anita, em algum momento, irão fazer o teste rápido para HIV, sífilis e hepatites virais. O protocolo do Ministério da Saúde define que sejam realizados testes no primeiro trimestre de gestação, no início do pré-natal e outro no terceiro trimestre de gravidez. No momento do parto, a mãe é novamente testada para HIV e sífilis. Os dados do Boletim atual da Sesap apontam um reflexo do aumento do número de casos nesse público. A triagem durante a gestação é muito eficiente”, aponta Carla Glenda Souza  da Silva, preceptora multiprofissional psicóloga do ISD. Ela ressalta, porém, que além dos casos de infecção pelo HIV, há uma prevalência de ocorrência de sífilis entre as mulheres grávidas que pode resultar em sequelas irreversíveis ao bebê, como doenças  neurológicas graves, caso não tratada a tempo e de forma hábil.

Texto:  Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Foto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CEPS
EDUCAÇÃO EM SAÚDE

RECOMENDAMOS