• Português
  • English

ISD realiza última ação de educação permanente de 2021 com profissionais de saúde de São Gonçalo do Amarante

25/11/202113:11

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Instituto Santos Dumont (ISD) finalizou nesta quarta-feira (24/11) a última ação de educação permanente em saúde com profissionais da rede básica de São Gonçalo do Amarante. Quase 30 trabalhadores, entre médicos (as), enfermeiros (as), fisioterapeutas, fonoaudiólogos (as) e assistentes sociais, participaram da formação em atendimento aos pacientes com epilepsia, com conteúdo ministrado por preceptores multiprofissionais e residentes do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (Anita), uma das unidades do ISD em Macaíba que integra a equipe do Serviço Multiprofissional Especializado em Epilepsia Farmacorresistente (Semep ISD).

 

As discussões técnicas foram iniciadas pela manhã e se estenderam ao longo da tarde, com a exposição de casos clínicos reais relacionados a pacientes com epilepsia de difícil controle. O ISD, através do Anita, é referência estadual para o acolhimento e atendimento de pessoas com essa condição. A ação desta quarta-feira faz parte de um projeto que tem o objetivo de capacitar profissionais da atenção básica para que eles saibam fazer o acompanhamento, diagnóstico, possíveis encaminhamentos e dar todo o suporte necessário às demandas de eventuais casos de epilepsia que chegam à rede. A doença pode provocar convulsões ou crises não convulsivas e, por exemplo, sensações de distorção de percepção, movimentos descontrolados de uma parte do corpo ou medo repentino.

 

“Nós oferecemos formação para equipes de saúde de São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Extremoz. Estamos finalizando o terceiro grupo de São Gonçalo do Amarante e, a partir dessa formação, esses profissionais poderão diagnosticar e acompanhar pacientes com epilepsia. Além disso, essa formação amplia a relação com o ISD no sentido de darmos mais suporte. Hoje, o ISD é referência no RN para casos de epilepsia farmacorresistentes”, declara Celina Reis, preceptora médica neurologista infantil do ISD.

 

O objetivo da educação permanente direcionada aos profissionais da rede pública de saúde é descentralizar o conhecimento sobre a epilepsia e possibilitar que outros trabalhadores da área, além dos médicos especialistas, consigam trabalhar na identificação da condição de forma precoce. “Isso possibilita um tratamento mais efetivo. A epilepsia afeta a pessoa em seu meio social, profissional, familiar e, quanto mais cedo for feito o diagnóstico por qualquer profissional de saúde, há possibilidade dele ter melhor qualidade de vida. O Sistema Único de Saúde tem gargalos em relação aos médicos especialistas, como neurologistas, para atendimento aos pacientes com epilepsia”, comenta a preceptora médica neurologista adulto do ISD, Nicelle Candez. Segundo explica, a condição pode afetar a área motora, linguagem e comunicação e o convívio social do paciente.

 

São Gonçalo do Amarante é um dos municípios de abrangência do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV ISD) localizado no Anita, e é o terceiro contemplado com as capacitações sobre o tema, que já tiveram como público profissionais de Macaíba e Extremoz. Outros 32 profissionais de São Gonçalo passaram pela Anita em formação sobre o mesmo tema, no início de outubro. A clínica de Epilepsia do CER IV ISD é referência no Rio Grande do Norte em assistência às epilepsias farmacorresistentes – que desencadeiam crises de difícil controle por medicamentos.

 

Tratamento

A clínica de epilepsia do CER IV ISD é um serviço para o acolhimento, atendimento e tratamento multiprofissional especializado das epilepsias graves, ditas farmacorresistentes.

 

O Serviço Multiprofissional Especializado em Epilepsia Farmacorresistente (SEMEP), conta com um corpo de profissionais da Neurocirurgia, Neurologia Pediátrica e Adulto, Serviço Social, Psicologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional e Nutrição especializada em Dieta Cetogênica.

 

Além das médicas Celina Reis e Nicelle Candez, integram o SEMEP a preceptora multiprofissional neuropsicóloga Joísa Araújo; a preceptora multiprofissional nutricionista Luciana Câmara;  a preceptora multiprofissional terapeuta ocupacional Izabel Silva, e residentes.

Texto:  Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Foto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CEPS
EDUCAÇÃO EM SAÚDE

RECOMENDAMOS