• Português
  • English

Professor do ISD ensina técnicas para aprimorar uso do LinkedIn para busca de emprego

28/09/202113:29

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os efeitos negativos na pandemia do coronavírus podem ser sentidos, além da inflação mais alta, no mercado de trabalho nacional. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativos ao segundo trimestre deste ano, apontam que existem 14,4 milhões de pessoas desempregadas. Menos da metade da população em idade para trabalhar está ocupada no país, segundo o Instituto. Uma ferramenta digital, porém, poderá ajudar jovens e adultos que buscam uma colocação no mercado a encontrarem uma ou mais vagas: o LinkedIn. Para desmistificar e ensinar técnicas de uso, o professor pesquisador do Instituto Santos Dumont (ISD), Fabrício Brasil, apresentará a palestra ‘Linkedin – a rede social que você deveria realmente se importar’.

 

No evento, marcado para esta quarta-feira (29/09), às 14h via Google Meet, o Prof. Fabrício Brasil ensinará meios de como usar o LinkedIn para alavancar sua carreira. “Procurar emprego e se destacar da concorrência é uma tarefa árdua. Cerca de 40 milhões de pessoas utilizam o LinkedIn para buscar empregos toda semana e 95% dos recrutadores fazem busca na plataforma por mais informações sobre os candidatos. Ser indicado por um empregado de uma empresa aumenta sua chance em 9 vezes de ser contratado, mostrando a importância em fazer e manter o networking. Aproximadamente 40% dos usuários do LinkedIn trocam de emprego a cada quatro anos, podendo aumentar o salário em até 30%. Contudo, para ter sucesso é preciso superar os robôs e se dedicar realmente a esta rede social. Na palestra falarei sobre isso e um pouco mais”, declara Fabrício Brasil.

 

Nesse horizonte cheio de incertezas, há uma tendência de mais competição no mercado de trabalho e é importante a definição de estratégias para conseguir saltar aos olhos de quem estará contratando. Em paralelo a estudos de neuroengenharia que conduz desde 2013 no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS) do Instituto Santos Dumont, Fabrício Brasil se dedica há alguns anos a tentar desvendar os caminhos para se chegar efetivamente a uma entrevista e ao emprego que se busca, usando o LinkedIn como aliado.

 

A maior rede social para profissionais no mundo chama a atenção do pesquisador desde que cursava doutorado na Alemanha e era estimulado por professores da instituição de ensino a participar da rede de forma assertiva. Os estudos sobre o funcionamento da plataforma, que tiveram então início para suprir a própria demanda, hoje são disseminados em palestras que ministra para estudantes de ensino superior de universidades públicas e privadas no Brasil. O assunto já havia sido apresentado em Natal, foi levado no início de 2020  à Universidade Federal de Santa Catarina e, passada a fase de isolamento social e de suspensão de aulas requeridos como prevenção ao coronavírus, a palestra chega ao IIN-ELS.

 

SERVIÇO

Palestra: Linkedin – a rede social que você deveria realmente se importar

Quando? Dia 29 de setembro

Hora? 14h às 15h30

Como participar? Através do Google Meet, no link:  https://meet.google.com/bqq-vjyx-deg

 

Quem é Fabrício Brasil

Currículo Lattes (http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4263860E5)

 

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/fabricio-brasil/)

 

– Idade: 40 anos

 

– Natural de Porto Velho (RO)

 

– Vive no Rio Grande do Norte desde março de 2013. Veio a convite do neurocientista Miguel Nicolelis para uma vaga de pós-doutorado. Acabou, no entanto, contratado como pesquisador, porque o ISD estava abrindo o Mestrado em Neuroengenharia.

 

Currículo

Fabrício Brasil é pesquisador, professor e ex-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Neuroengenharia do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), do Instituto Santos Dumont (ISD).  Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT (2003). Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2007). Doutor em Neurociência pelo International Max Planck Research School for Cognitive and Systems Neuroscience (IMPRS-CSN), Eberhard Karls Universität Tübingen (EKT). Possui experiência na área de Engenharia Biomédica, Interface entre Cérebro Máquina/Computador (ICM/ICC), Projetos de Equipamentos, Reabilitação de pacientes que sofreram acidente vascular encefálico (AVE/AVC) ou com lesão medular, transtorno do espetro do autismo (TEA), Plasticidade e Estimulação Cerebral através de Estimulação Magnética Transcraniana (TMS) e Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (tDCS).

Texto: Ricardo Araújo / Ascom – ISD

Imagens: Mariana Ceci / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
IIN-ELS

RECOMENDAMOS