• Português
  • English

Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência recebe inscrições até 18/12

11/12/202009:28

O Instituto Santos Dumont (ISD), Organização Social vinculada ao Ministério da Educação com sede em Macaíba (RN), recebe até a próxima sexta-feira (18) inscrições para a seleção da Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência – a primeira Residência do Brasil dedicada ao cuidado integral desse público. 
Serão ofertadas oito vagas para as áreas de fisioterapia, serviço social, psicologia e fonoaudiologia, com início das atividades em 1º de março de 2020. O residente tem o Centro Especializado em Reabilitação Física, Auditiva e Intelectual (CER III) do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, do ISD, como principal cenário de prática e recebe bolsa trabalho mensal com valor bruto de R$ 3.330,43, paga pelo Ministério da Saúde.
 
A seleção inclui provas objetivas e análise do currículo lattes. O edital e o formulário de inscrição estão publicados online, na página bit.ly/residencia-isd 
 
Aprovada em 2017 pelo Ministério da Educação, a Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência estimula, ao longo dos dois anos de curso, a compreensão das dimensões física, psicológica e social do cuidado à saúde da pessoa com deficiência. 
 
Aspectos em torno da Doença de Parkinson, realidade de meninas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e perfil de linguagem na maior comunidade quilombola do Rio Grande do Norte foram alguns dos assuntos abordados nos Trabalhos de Conclusão de Residência (TCRs) da primeira turma, que teve a formatura no início de novembro. 
 
Mestrado em Neuroengenharia
Enquanto as inscrições para a Residência chegam à reta final, no mestrado em Neuroengenharia do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS/ISD, é possível se candidatar até 17 de janeiro.
Os dois programas de pós-graduação são pioneiros no Brasil e têm atraído profissionais de todas as regiões do país para formação no Rio Grande do Norte.  
 
Para o mestrado são 10 vagas disponíveis –  uma delas reservada a professores e servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – com possibilidade de bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou do Instituto. Podem concorrer ao processo seletivo do Programa de Mestrado graduados nas áreas da saúde, engenharias ou biológicas. 

O edital (disponível na página bit.ly/mestrado-neuroengenharia-isd) prevê análise de documentos como carta de intenção, cartas de recomendação, currículo lattes e histórico acadêmico. Para quem passar nessa etapa, haverá ainda a fase eliminatória e classificatória de entrevistas.
O mestrado em Neuroengenharia do IIN-EL/ISD foi o primeiro do país aprovado pela Capes nessa área do conhecimento.O curso não cobra mensalidade e tem duração de até dois anos. 

 
A Neuroengenharia é uma área de pesquisa interdisciplinar que integra métodos de neurociência e de engenharia para estudar o funcionamento do sistema nervoso e desenvolver soluções para as limitações e disfunções associadas a ele.
 
Pesquisadores e alunos têm desenvolvido tecnologias para criação, por exemplo, de próteses mais baratas para pessoas amputadas, novas formas de terapia menos invasivas e com custo menor para pacientes com Parkinson, pesquisas com microscopia e citologias, e o uso de realidade virtual e realidade aumentada para reabilitação de pacientes paraplégicos e tetraplégicos.
 
SERVIÇO
Outras informações sobre a Residência Multiprofissional, o Mestrado em Neuroengenharia e os processos seletivos podem ser obtidas na Secretaria Acadêmica do ISD por e-mail (residencia@isd.org.br / pgiinels@isd.org.br) ou telefone (84) 99127-6085, no horário das 8h às 12h ou das 13h às 16h30.
 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
EDUCAÇÃO CIENTÍFICA
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
ENSINO
OPORTUNIDADES

RECOMENDAMOS