• Português
  • English

ISD destaca planos de doutorado e ações estratégicas ao MEC e ao Conselho de Administração na última reunião do ano

03/12/202012:02

Dirigentes do ISD apresentaram ações estratégicas do Instituto ao novo diretor de Programa do MEC, João Carlos Barreto, e à equipe dele em Brasília: Renovação de contrato de gestão com o Ministério, planos de doutorado em Neuroengenharia e outros projetos estiveram na pauta da audiência

A criação de um programa de doutorado em Neuroengenharia, a renovação do contrato de gestão com o Ministério da Educação (MEC) e outros passos estratégicos do Instituto Santos Dumont (ISD) para os próximos 10 anos foram perspectivas em destaque nesta semana em audiência no MEC em Brasília e, por videoconferência, na última reunião do Conselho de Administração do ISD em 2020.

O Conselho é o órgão de deliberação superior do Instituto e reúne representantes do MEC e também de outros Ministérios de governo e entidades de áreas como ciência, educação, saúde e indústria.

As ações e projetos atuais e previstos para fortalecimento e expansão da instituição foram discutidos com o órgão nesta quarta-feira (2) e apresentados no dia anterior ao novo diretor de Programa do Ministério da Educação, João Carlos Barreto, à gerente da área e diretora substituta Jaqueline Ribeiro Silva e aos coordenadores de Projetos Naimar Moretti e Vinícius de Aquino.  

A apresentação foi realizada na sede do Ministério em Brasília no contexto de negociação do 10º termo aditivo ao contrato de gestão do ISD, por meio do qual o governo financia e acompanha as atividades do Instituto desde 2014. O aditivo prevê o repasse de recursos federais para as ações de 2020 e a prorrogação da vigência do contrato de gestão – que expira neste ano, -até 31 de dezembro de 2021. Em paralelo, o Instituto e o Ministério também discutem a renovação do contrato por pelo menos mais 10 anos.

Participaram da audiência o diretor-geral do ISD, Reginaldo Freitas Júnior, o diretor administrativo, Jovan Gadioli dos Santos, e a gerente do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, do Instituto, Lilian Lira Lisboa.

Dirigentes do ISD com Diretoria de Programa do MEC, em Brasília: Da esquerda para a direita estão Vinícius de Aquino (coordenador de Projeto do MEC), Jovan Gadioli dos Santos (diretor administrativo do ISD), Jaqueline Ribeiro Silva (gerente de Projeto e diretora substituta da área no MEC), João Carlos Barreto, diretor da área, Reginaldo Freitas Júnior (diretor-geral do ISD) e Lilian Lira Lisboa, gerente do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, do ISD

Um balanço do ano e o que está por vir também foram pauta do Conselho de Administração do ISD nesta quarta, na última reunião do ano.

Futuro

“O ano de 2020 colocou em prova várias das nossas competências, inclusive a resiliência e a ressignificação, a resistência, mas eu acho que para o ISD foi também um ano de muito aprendizado e de muito fortalecimento. O Instituto encerra o ano fortalecido, olhando para o futuro, cheio de esperança, de projetos , de novas ideias e acreditando cada vez mais na missão social que abraçou”, disse o diretor-geral aos conselheiros, ressaltando, ainda, as perspectivas de expansão da atuação do Instituto para além das fronteiras do Rio Grande do Norte.

Doutorado em Neuroengenharia

O neurocientista Miguel Nicolelis, presidente do Conselho, ressaltou que “o novo projeto do contrato de gestão de 10 anos com o MEC pode consolidar e perenizar a missão do ISD”.  O neurocientista afirmou ainda que “há a necessidade imperiosa de consolidar a missão educacional do ISD com a criação do doutorado em neuroengenharia, que seria o primeiro da América Latina”. O Instituto já tem mestrado na área. É o único do Brasil aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

“Então a possibilidade de criação do doutorado com apoio da Capes e do MEC é essencial para o novo patamar (que o Instituto espera alcançar), para que nós possamos realmente formar jovens e espalhá-los pelo Brasil e fora do Brasil também porque eu tenho certeza de que no momento em que isso for anunciado nós teremos estudantes da América Latina e de outros países querendo estudar no Instituto”, disse Nicolelis.

Reunião do Conselho de Administração do ISD: Desafios de 2020 e perspectivas para o período 2021 a 2030 estavam na pauta do encontro

De acordo com o diretor administrativo do Instituto, Jovan Gadioli dos Santos, “as bases para a submissão da proposta de implantação do doutorado à Capes já estão em curso e incluem a contratação de novos pesquisadores no próximo ano”.

Sérgio Henrique Santos, diretor de Desenvolvimento da Educação em Saúde do MEC e novo representante do Ministério no Conselho de Administração do ISD, ressaltou na reunião que  multiplicar as iniciativas que o Instituto desenvolve e integrá-las a outras vigentes traz ganhos à potencialidade do ISD e também ao Brasil.

“Enquanto MEC na diretoria de Desenvolvimento em Educação e Saúde a gente tem como foco não só o fortalecimento da graduação como também da pós-graduação e é essa a nossa percepção sobre o Instituto Santos Dumont, no que envolve a sua atuação na educação permanente de profissionais da saúde, inserido no SUS, e também pelos centros de referência seja na parte materno-infantil como também pela sua grande vocação na assistência a pessoas com deficiência”.

Sobre o Conselho de Administração do ISD

O Conselho de Administração do ISD realiza atividades de forma não remunerada e tem como membros titulares Miguel Ângelo Laporta Nicolelis (presidente), Alessandro Glauco dos Anjos de Vasconcelos (Ministério da Saúde), Amaro Sales de Araújo (Confederação Nacional da Indústria – CNI), Fábio Donato Soares Larotonda (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações), Francisco Humberto Vignoli (Fundação Getúlio Vargas), Hélio Toledo de Campos Mello Junior (representante dos associados), José Luiz Egydio Setúbal (Fundação José Luiz Egydio Setúbal – Hospital Sabará), Nildo Alves Batista (Ministério da Educação), Sérgio Henrique da Silva Santos (Ministério da Educação), George Dantas de Azevedo, diretor da Escola Multicampi de Ciências Médicas da UFRN, indicado ao Conselho entre os profissionais de notória capacidade, assim como o consultor Theodoro Paraschiva e o economista Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo.

Texto:  Renata Moura – Jornalista / Ascom – ISD

Imagens: ISD 

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
EDUCAÇÃO CIENTÍFICA
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
ENSINO
INSTITUCIONAL
NEUROENGENHARIA

RECOMENDAMOS