• Português
  • English

Covid-19: Pesquisa do ISD mapeia profissionais da saúde na pandemia e quer propor soluções

30/07/202009:40

Estudo norteará propostas e medidas para reduzir riscos de contaminações em campo | Crédito da foto: Rodrigo Nunes - ASCOM/MS

O Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra, do Instituto Santos Dumont (IIN-ELS/ISD), está realizando um mapeamento nacional de profissionais de saúde frente à Covid-19 e pretende, com base nesse trabalho, direcionar medidas para reduzir os riscos de contaminações em campo  – entre elas, a possível ampliação da oferta de máscaras-escudo, essenciais como proteção nos atendimentos.

A pesquisa “Caracterização dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à COVID-19 no Brasil” é conduzida online e aberta a profissionais de todo o país. O questionário tem 18 questões de múltipla escolha, ficará no ar de forma permanente e pode ser acessado no seguinte endereço: https://bit.ly/pesquisaprofissionaisdasaúdeduranteapandemia.

Segundo Edgard Morya, coordenador de pesquisas do IIN-ELS e responsável pelo estudo, o objetivo é contribuir com uma melhor compreensão do que leva à infecção dos profissionais, bem como com a identificação dos locais onde se mostram mais vulneráveis e com soluções capazes de ajudar a protegê-los.   

“O mapeamento poderá ajudar a identificar novas carências de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) dentro e fora do RN e poderá guiar uma eventual expansão da produção de máscaras-escudo do Instituto para doações a hospitais”, diz ele.

Máscaras-escudo

O IIN-ELS deu largada à produção de máscaras-escudo em março e, em cerca de quatro meses, produziu mais de 1.500 equipamentos do tipo para doação a unidades de saúde do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Cinquenta e quatro Instituições foram beneficiadas, em 20 municípios. 

As máscaras são produzidas por pesquisadores e alunos do mestrado em neuroengenharia do ISD e voltadas a instituições que atendem pacientes com Covid-19, ou pacientes que podem ser transmissores assintomáticos da doença. A doação é institucional, ou seja, não é realizada diretamente do ISD para indivíduos. Por esse motivo, é o dirigente da instituição interessada que deve entrar em contato com o Instituto (pelo e-mail covid19@isd.org.br). 

As ‘máscaras-escudo’, também chamadas ‘face shields’, são essenciais ao trabalho dos profissionais de saúde em procedimentos de maior risco de contaminação. Elas estão, porém, escassas no mercado dada a explosão de demanda com o coronavírus (Covid-19) afetando o mundo.

As que são produzidas no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), do Instituto Santos Dumont (ISD), são doadas e não vendidas. Mais informações estão disponíveis no site: https://bit.ly/mascaras-escudo-ISD.

Texto: Renata Moura / Jornalista / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

É uma Organização Social vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e engloba o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra e o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi, ambos em Macaíba. A missão do ISD é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão, além de contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
COVID-19
IIN-ELS
PESQUISA

RECOMENDAMOS