• Português
  • English

Educação em Saúde: ISD recebe terceira turma de Residência Multiprofissional

02/03/202014:29

Residentes vão atuar junto a pessoas com deficiências auditiva, física e intelectual

O Instituto Santos Dumont (ISD) dá as boas-vindas nesta semana a sua terceira turma de Residência, um programa pioneiro no Brasil que recebe profissionais das áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e serviço social – e que tem o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPES), em Macaíba (RN), como principal campo de estágio.

Os residentes vão atuar no cuidado à saúde de pessoas com deficiências auditiva, física e intelectual, distribuídos – no CEPS – entre as clínicas de Epilepsia (infantil e adulto); Parkinson; Transtorno do Espectro do Autismo (TEA); Lesão Medular (infantil e adulto); Microcefalia; Deficiência Auditiva (infantil e adulto); Prematuridade e Bexiga Neurogênica.

“Eles também deverão passar por hospitais, centros de reabilitação e por serviços de atenção básica da Região Metropolitana (de Natal)”, explica Lorenna Santiago, coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência do ISD. A Residência, diz ela, “complementa o trabalho do Instituto, uma vez que seu principal papel é formar profissionais de saúde com atenção integral e humanizada”.

Acolhimento

A nova turma é recebida nesta semana em atividades de acolhimento promovidas pelos residentes do segundo ano e já chega se colocando, literalmente, no lugar das pessoas que irá atender.

Na prática, eles participam no primeiro dia de uma simulação em que são incentivados a se locomover pelas instalações do CEPS usando cadeira de rodas, órteses, muletas ou com olhos vendados. 

“A proposta desse exercício é eles vivenciarem o contexto da pessoa com deficiência. É um jeito também de fortalecer a empatia pelos pacientes”, diz Lorenna.

As atividades com eles começam no momento em que a primeira turma de Residência do ISD -iniciada em 2018 – se forma. A formação ocorre em um período de 2 anos.

“Nosso objetivo é formar profissionais que atuem no cuidado centrado na pessoa. Isso significa que, para eles, não há uma hierarquia no cuidado, ou seja, o profissional tomando as decisões sozinho, mas sim em conjunto com os pacientes”, observa Lorenna.

“O paciente é participante ativo na tomada de decisão terapêutica e o cuidado é voltado as suas necessidades individuais”, acrescenta.

Sobre o ISD

O Instituto Santos Dumont (ISD) é uma Organização Social que mantém Contrato de Gestão com o Ministério da Educação (MEC) e que atua em ensino, pesquisa e extensão nas áreas de neurociências, neuroengenharia, saúde materno-infantil e da Pessoa com Deficiência por meio do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS) e do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS), localizados em Macaíba (RN).

Residentes do ISD com a coordenadora do programa, Lorenna Santiago (de pé na imagem, vestindo blusa preto e branco): “Cuidado centrado na pessoa"

 

Texto:  Renata Moura / Ascom – ISD

Foto: Renata Moura / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

Organização Social que mantém vínculo com o Ministério da Educação (MEC) e cuja missão é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão e contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CEPS
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
REABILITAÇÃO

RECOMENDAMOS