• Português
  • English

SIG Re(h)abilitar integra profissionais e pesquisadores da saúde

16/07/201910:24

O SIG (Special Interest Group, ou Grupo de Interesse Especial) Re(h)abilitar é um projeto de educação permanente em saúde, promovido pela Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), coordenado pelo Instituto Santos Dumont (ISD) e pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através da Unidade de e-Saúde da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). O projeto realiza sessões colaborativas nas quais os pesquisadores e profissionais de saúde das instituições da rede se reúnem virtualmente para discutir temas de ensino, pesquisa e assistência, gestão e avaliação remota.

No primeiro semestre de 2019 houve seis reuniões com o tema do ano: Doença de Parkinson. Lílian Lisboa, Gerente do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS), destaca que o SIG Re(h)abilitar destina-se ao cuidado ampliado motivado pelas vivências na Clínica de Parkinson oferecida pelo CEPS Anita Garibaldi por meio do Centro Especializado em Reabilitação (CER III). “O SIG Re(h)abilitar constitui-se como um importante canal de interseção do ensino e pesquisa com várias Instituições. O objetivo desta ferramenta é integrar profissionais, pesquisadores e usuários que tenham interesse na Rede de Cuidado à Pessoa com Deficiência fortalecendo ações da equipe que possibilitem transformações de práticas técnicas e sociais centrada na resolutividade de problemas”, explica Lílian. O Re(h)abilitar está articulado com o CER III e o Programa de Residência Multiprofissional no Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência (RMCSPD).

A fisioterapeuta e Coordenadora do RMCSPD, Lorenna Santiago, ressalta a importância do caráter de integração do projeto. “Nesse primeiro semestre tivemos participação e engajamento de instituições de todas as regiões do Brasil, e essas reuniões têm promovido articulação de diversos pesquisadores, profissionais da saúde e estudantes que atuam na área de reabilitação. Essa experiência tem sido muito proveitosa para todos os participantes, pois tem facilitado o compartilhamento de experiências clínicas e científicas o que fortalece uma atuação centrada na pessoa.”

Primeira reunião do SIG Re(h)abilitar em 2019

Histórico

Com início em 23 de fevereiro de 2018, o projeto idealizado pelo ISD em parceria com UFRN teve sua aula inaugural, acompanhada por profissionais do Rio Grande do Norte, Paraíba, Bahia e Amazonas.
As áreas contempladas pelo projeto são habilitação e reabilitação auditiva, motora e intelectual e cognitiva com ênfase nas clínicas de Microcefalia, Lesão Medular adquirida ou congênita, Parkinson, Epilepsias e Transtornos do Neurodesenvolvimento, tal como o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

Interessados externos podem acompanhar as reuniões através deste link, sendo necessário estar em uma conexão de banda larga e possuir um dispositivo de áudio.

Veja abaixo a agenda do SIG Re(h)abilitar 2019 

Temática Central: Doença de Parkinson.

Período: De Fevereiro a Novembro de 2019.

Horário: Última sexta-feira de cada mês, das 11h às 12h30 (Hora de Brasília). Obs.: Excepcionalmente nos meses de junho e novembro teremos duas reuniões. 

 

Data, Hora

Tema

Convidados

22/02/2019

SIG Re(h)abilitar: cenário atual local e perspectivas futuras de atenção à DP no Brasil.

Apresentação da Proposta do SIG Re(h)abilitar + Apresentação das atividades em Parkinson no IIN-ELS + Apresentação da Clínica do CEPS + Conhecendo e articulando os grupos de Doença de Parkinson no BR: Rede AMPARO (FMUSP)

Ministrantes:

Marília Pinheiro (CEPS/ISD)

Hougelle Simplício (IIN-ELS/ISD)

Maria Elisa Piemonte (FMUSP)

Moderadora: Lorenna Santiago (ISD)

29/03/2019

 

Como reconhecer Doença de Parkinson e Parkinsonismo Atípico.

Ministrante: Clécio Godeiro Jr. (UFRN)

Moderador: Marília Pinheiro (ISD)

26/04/2019

Distúrbios do sono e fadiga na Doença de Parkinson: acompanhamento e tratamento.

Ministrante: Suzana Schonwald (HCPA)

Moderadora: Miliana Galvão (ISD)

31/05/2019

Progressão sintomática e nos cuidados à voz, fala e deglutição na Doença de Parkinson.

Ministrante: Giovana Diaféria (UNIFESP/ Associação Brasil Parkinson)

Moderadora: Marília Pinheiro (ISD)

14/06/2019

Neuroestimulação não invasiva como recurso terapêutico na Doença de Parkinson

Ministrante: Suellen Andrade (UFPB)

Moderadora: Hougelle Simplicio (ISD)

28/06/2019

Cuidado centrado no paciente: o modelo da CIF como norteador para construção do Plano Terapêutico Singular na Doença de Parkinson.

Ministrante: Maria Elisa Piemonte (FMUSP)

Moderadora: Thays Brígido (ISD)

26/07/2019

Distúrbios cognitivos e psiquiátricos na Doença de Parkinson: acompanhamento e tratamento.

Ministrante: Euglena Lessa (UNP) e Joisa Araújo (ISD)

Moderadora: Joisa Araújo (ISD)

30/08/2019

Avaliação e manejo dos distúrbios da marcha e instabilidade postural na Doença de Parkinson.

Ministrante: Tatiana Ribeiro (UFRN)

Moderadora: Lorenna Santiago (ISD)

27/09/2019

 

Manejo dos distúrbios vesicais e intestinais na Doença de Parkinson.

Ministrante: Lilian Lisboa (ISD)

Moderadora: Aneilma Azevedo (ISD)

25/10/2019

Quando a doença avança: cuidados paliativos na Doença de Parkinson.

Ministrante: Michelle Tosin (UFF)

Moderador: Joisa Araújo (ISD)

08/11/2019

O que a Legislação garante: direitos na Doença de Parkinson.

Ministrante: Márcio Gouvêa (Presidente da Associação Capixaba de Parkinson)

Moderador: Alexandra Lima (ISD)

29/11/2019

Seleção de instrumentos de medida e desenhos de estudos clínicos para intervenções na Doença de Parkinson + Encerramento.

Ministrante: A confirmar

Moderador: Hougelle Simplicio (ISD)

 

Texto: Dandarah Filgueira / Estagiária de Jornalismo
Ascom – ISD

Fotos: Acervo Pessoal /
Ariane Mondo / Ascom – ISD

Assessoria de Comunicação
comunicacao@isd.org.br
(84) 99416-1880

Instituto Santos Dumont (ISD)

Organização Social que mantém vínculo com o Ministério da Educação (MEC) e cuja missão é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão e contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
REABILITAÇÃO

RECOMENDAMOS