• Português
  • English

ISD e universidades britânicas publicam artigo científico sobre projeto que ajuda pacientes com AVC

18/05/201714:43

ISD e universidades britânicas publicam artigo científico sobre projeto que ajuda pacientes com AVC

16/05/2017

Por: Ariane Mondo – Ascom ISD

Fotos: Ariane Mondo e Divulgação projeto SOPHIA

No dia 04 de maio, pesquisadores do Instituto Santos Dumont (ISD), por meio do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), publicaram artigo na revista científica internacional Frontiers sobre um projeto inovador desenvolvido em forma de cooperação internacional: trata-se do SOPHIA, um dispositivo robótico externo controlado por um sistema de Interface Cérebro-Máquina (ICM) e que é capaz de auxiliar na reabilitação de membros superiores em pacientes acometidos por um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Link do resumo em inglês AQUI.

Este projeto é fruto da colaboração entre o Programa de Pós-Graduação em Neuroengenharia do IIN-ELS/ISD, em Macaíba/RN, e os grupos “Robotics Lab” e “Stokes Research Group” da Universidade Heriot-Watt (HWU) e Institute for Integrated Micro and Nano Systems, da Universidade de Edimburgo, ambas no Reino Unido.

Da esquerda para a direita: Renan Moioli, Patrícia Vargas e Fabrício Brasil em testes no IIN-ELS, em Macaíba, janeiro de 2016.

Da esquerda para a direita: Renan Moioli (IIN-ELS), Patrícia Vargas (HWU) e Fabrício Brasil (IIN-ELS) em testes no IIN-ELS, em Macaíba, janeiro de 2016.

Fabrício Brasil e Renan Moioli, pesquisadores do IIN-ELS envolvidos no projeto SOPHIA, afirmam que o desenvolvimento do sistema foi, desde o início, pensado como forma de melhorar o processo de reabilitação motora: “Este é um dos primeiros trabalhos no mundo que aliam ICM a “soft robotics”. Consideramos um dos maiores diferenciais do SOPHIA a incorporação dos conceitos de ICM como parte de um protocolo de reabilitação motora, associado à revolução da área “soft robotics”, que permite sistemas mais anatômicos, com mais graus de liberdade. O termo liberdade, nas áreas de engenharia e sistemas de controle, refere-se ao número de parâmetros que determinam a configuração do sistema”, explicam os cientistas brasileiros.

A proposta elaborada pelas instituições envolvidas nessa pesquisa proporcionou o intercâmbio de expertises dos pesquisadores envolvidos. Os cientistas da HWU, em visita ao ISD em 2015, aprimoraram-se no conhecimento e aplicações de ICM, enquanto que os pesquisadores do ISD, em visita à HWU no mesmo ano, aprofundaram conhecimentos em “soft robotics” e robótica.

Desenvolvimento e desdobramentos do projeto

O SOPHIA ainda está em fase de pesquisas e a primeira prova de conceito indicando as próximas etapas de desenvolvimento foi finalizada com sucesso antes de o projeto partir para os testes funcionais e ser avaliado na reabilitação. O projeto SOPHIA foi financiado pelo edital britânico de apoio Newton Fund, cujo objetivo é promover uma maior interação entre o Reino Unido e quinze países, entre eles o Brasil, fomentando propostas em áreas estratégicas de pesquisa e inovação.

Por ser um projeto original, sobretudo com relação à integração da ICM com o sistema de “soft robotics”, o SOPHIA foi aprimorado ao longo dos anos de 2015 e 2016: “Além disso, uma aluna de mestrado e uma de doutorado, ambas da HWU, exploraram a vasta quantidade de dados produzida pelos ensaios iniciais e suas descobertas foram incorporadas aos artigos produzidos”, afirmam os pesquisadores do IIN-ELS. Além deste artigo publicado no periódico Frontiers, o projeto SOPHIA já tem um artigo publicado como capítulo de livro e um outro artigo aceito para publicação em periódico internacional.

A partir desses avanços em Neuroengenharia, área de atuação do IIN-ELS, uma segunda proposta ao Newton Fund foi aprovada possibilitando a participação do pesquisador Fabrício Brasil no workshop de Lesão Encefálica Adquirida em Curitiba, no ano passado. Em seguida, Brasil viajou para incrementar as colaborações com pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido (Veja na matéria AQUI).

 

Pesquisadores participantes do projeto SOPHIA

Instituto Santos Dumont (ISD)

Fabricio L. Brasil
Renan C. Moioli

Heriot-Watt University

Patricia A. Vargas
Alistair C. Mcconnell
Marta Vallejo
Cecile P. Riquart
David W. Corne

The University of Edinburgh

Nicola Secciani
Markus P. Nemitz
Adam A. Stokes

::::::::::::::::::::::::

O Instituto Santos Dumont (ISD) é uma Organização Social que mantém vínculo com o Ministério da Educação (MEC), e cuja missão é promover educação para a vida, formando cidadãos por meio de ações integradas de ensino, pesquisa e extensão e contribuir para a transformação mais justa e humana da realidade social brasileira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
NEUROCIÊNCIAS
PESQUISA
REABILITAÇÃO

RECOMENDAMOS