• Português
  • English

Assembleias envolvem alunos na organização e bom funcionamento dos CECs

03/05/201614:58

03/05/2016
Texto e Fotos: Luiz Paulo Juttel – Ascom ISD

Uma escola diferente, onde os alunos buscam soluções para os problemas diários e constroem o futuro da instituição em parceria com os educadores. É desta forma que funcionam as três unidades do Centro de Educação Científica (CEC) do Instituto Santos Dumont (ISD), em Natal-RN, Macaíba-RN e Serrinha-BA.

No início de cada ano letivo, os alunos dos CECs realizam uma assembleia para debater, encontrar soluções e se comprometerem a atuar em questões relacionadas ao bom funcionamento dos Centros. Neste ano, as assembleias com alunos aconteceram no mês de abril.

A assembleia tem início com a apresentação dos profissionais do Centro, incluindo os que atuam em áreas de suporte como recepção, segurança e limpeza. Ressalta-se que todos dentro da instituição exercem, em alguma medida, a função de educador dos alunos. Na sequência, são apresentadas e devidamente fundamentadas as normas necessárias à organização coletiva do CEC, combinam-se atitudes comuns e são discutidas questões e problemas que supõem o compromisso dos alunos na busca de soluções coletivas para estes.

Os alunos trazem para discussão na assembleia de 2016 temas que são levantados previamente com os seus professores. Eles debatem questões relacionadas ao transporte coletivo para o CEC, opções de lanches saudáveis, regras para os jogos no refeitório ou nos espaços de convivência, durante o intervalo e o empréstimo de livros da biblioteca para os alunos. Toda proposta acordada é votada e os alunos se comprometem a cumprir o que é decidido.

conjunto-assembleias

Assembleia de alunos realizada no CEC Natal.

 

A participação dos alunos nestas assembleias os estimula a colocar suas ideias próprias e fundamentá-las com frequência e pertinência cada vez maiores, além de se envolverem de forma mais consciente no cuidado com os demais e com os materiais e espaços que utilizam.

As assembleias também auxiliam para ampliar a consciência dos alunos em relação ao cumprimento de deveres, à necessidade de desenvolverem atitudes de solidariedade, a participarem e serem responsáveis consigo próprios e com o todo da escola e a fazerem críticas e levantarem problemas seguidos de sugestões para a sua resolução. Os professores dos CECs avaliam as assembleias oralmente ou por escrito com seus alunos, posteriormente.

Para a aluna do CEC Natal, Rafaela Oliveira de Paiva, de 14 anos, “as assembleias são muito importantes, pois compartilham com os alunos o que está acontecendo no Centro e eles podem opinar e sugerir formas de melhorar o ambiente. A informação não fica só com os professores”.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

RECOMENDAMOS